conheça meus serviços de consultoria de estilo

Tag: Inspiração

Moda: o que mais gostei de usar em 2015

Faz um tempinho que não falo de moda aqui, né? Estava com saudades! Hoje eu decidi fazer um apanhando das tendências que mais gostei de usar em 2015 e que continuarei usando em 2016!

Já comentei aqui no GC o que acho sobre tendência e que não construo meu guarda roupas baseado nelas, mas que sempre que alguma chama minha atenção e combina comigo, eu gosto de apostar. Então vou listar aqui as que mais gostei do ano passado – bom, pelo menos as que mais usei, haha!

Não tenho fotos minhas para ilustrar todas as peças, então vou colocar algumas que já usei por aqui 😉

  • Tênis branco. Já fiz vários posts sobre eles aqui no GC e foi algo realmente que mexeu comigo, haha, gostei demais que não sosseguei até que encontrei um pra chamar de meu. E dá super certo com meu estilo, que é bem eclético.

IMG_2978

  • Pantacourt.  Tendência polêmica, mas que acabou entrando no gosto de muita gente, inclusive, no meu. Mas não é simples combinar a peça e, por isso, não é fácil ver gente usando e abusando dessa trend por aí, como foi com as chokers, mas é um charme e foi uma das peças que apostei no ano novo, haha.

  • Cropped. Quem te viu, quem te vê, Gabriela.. Hahaha. Quem diria que eu iria gostar de usar cropped?! Mas falando sério, sabendo combinar, dá super pra usar a peça e dá um quê de interessância no look. Uma das minhas combinações preferidas foi usar com a pantacourt.

  • Maxi colete. Investir em terceira peça com certeza é algo que levanta qualquer look. Dá gra
    ça, sabe? E foi por isso que me apaixonei pelos maxi coletes! Até as peças mais básicas ganham poder quando usamos uma peça para sobrepor, seja um maxi colete, um casaqueto, cardigã, etc.IMG_2360
  • Batom nude, marrom e acinzentado. Virou queridinho pra sempre! De verdade. Acho que foi a minha tendência preferida e a que mais deu certo com meu estilo atual, sabe? Amei muito!

FullSizeRender

E você? Me conta nos comentários o que mais gostou de usar no ano passado?!

Ch-ch-changes

Eu sempre tive uma mania – bem, pelo menos até onde me lembro – de repetir ações diariamente com medo de mudar algo e alguma coisa de ruim acontecer. Sabe aquelas apostinhas que a gente (acho que você já fez, né?!) faz na mente do tipo “se eu fizer tal coisa, vai acontecer tal coisa!” que nos fazem agir de uma maneira que nem sempre é a forma que nós queremos agir no momento?! Pois é, eu tinha a mania de criar na minha cabeça um roteiro que eu que tinha que seguir, que me mantinha na minha zona de conforto, e não permitia que eu saísse do lugar, quer dizer, não permitia que eu inovasse e testasse as possibilidades – infinitas – existentes.

E tudo isso porque tinha medo que se eu mudasse, algo de ruim poderia acontecer porque eu modifiquei um ato durante todo o meu dia.

Mudar. Mudança. Transformação. Metamorfose. Mutação.

Palavrinhas que dão medo. Né? Mas será que elas existem para isso mesmo, assustar?

post

Parei pra pensar esses dias, um pouco inspirada com o final do ano e toda aquela ideia de nova chance, novos planos e comecei a me questionar o motivo pelo qual eu sempre tive medo de mudar e porque tantas pessoas carregam esse medo consigo, as impossibilitando de realizar, de ser feliz. E percebi o quanto tinha mudado nos últimos tempos e o quanto esse meu medo pela transformação tinha diminuído, no quanto eu estava mais feliz por isso, porque passei a fazer as coisas que eu queria, quando eu queria – respeitando sempre o outro, claro.

Mudar faz bem e, muitas vezes, é necessário. Evoluir é viver.

Então pare de medo, de se prender a algo que não te faz bem. Viva, faça aquilo que está com vontade e acredite naquilo que você quer fazer, assim você ficará feliz pelo simples fato de estar seguindo seu coração!

 

5 coisas que aprendi em 2015

2015 foi sem dúvida um ano marcante, não só pelos aspectos positivos, mas porque muitos acontecimentos desse ano me fizeram amadurecer e perceber algumas coisinhas que eu vou contar pra você logo mais. Mas antes, gostaria apenas de agradecer muito, principalmente pra quem acompanha o blog, porque, sem dúvida, criar o GC foi um desafio que eu consegui vencer em 2015, então, obrigada! 🙂

  • Acreditar. Sem medo e sem se preocupar com o que os outros vão pensar de você. Eu poderia ter desistido de fazer o blog caso eu tivesse me preocupado com o que as pessoas iam falar de mim, os julgamentos e suposições, mas eu acreditei. Acreditei que valeria a pena pra mim e pra quem acompanha o GC e que seria algo bom, diferente e que me faria feliz. E como faz.
  • Amor próprio. Em 2015 eu aprendi a me amar, apesar e com os meus defeitos. E isso fez com que eu me respeitasse, então eu consegui prestar mais atenção no que eu queria, no que eu precisava e desejava e fazer as coisas, pela primeira vez, pensando em mim.
  • Arrisque-se. Às vezes é preciso abrir mão de coisas que eram importantes pra você, simplesmente porque é o melhor a se fazer no momento e você precisa arriscar. Não adianta ficar preso em uma situação que não está te fazendo bem, é preciso de coragem para mudar e força para encarar o que vem em seguida.
  • Viva. A música da minha vida “Um dia após o outro” de Tiago Iorc tem uma frase que resume bem o quarto aprendizado: “Quem se soltar, da vida vai gostar e a vida vai gostar de volta em dobro”
  • Sonhe. Sonhe, sonhe muito e alto, mas não fique parado. Só sonhar não basta para realizar o que almejamos. 

E, claro, feliz 2016 pra você! Que seja um ano de muita luz e desafios! 😀

0f33b41bf52267d2633fed954dae6137

 

Links da semana

Muita coisa bacana foi postada na internet nos últimos dias que fiquei sem fazer o balanço dos meus posts e links preferidos aqui no blog, por essa razão, acredito que o links da semana será mais recheado desta vez, haha, mas acho que você vai gostar, né?! Me conta o seus links preferidos nos comentários!!

A Stephanie do Chez Noelle fez um texto que eu me enxerguei em várias partes, só clicar aqui!

E para quem está buscando inspirações de maquiagem para o final do ano, a Bruna Tavares do Pausa para Feminices fez um tutorial maravilhoso inspirado em Star Wars! star-wars-batom-03

3. A Jojo do Um ano sem Zara resumiu cinco coisas que ela aprendeu misturando estampas e, como eu percebi que compartilho desses mesmos aprendizados, haha, achei que seria legal dividir aqui no GC! uasz

E se você lesse esse texto incrível da Ale Garattoni?! Djavan

 

O último na verdade não é um link, mas um quadro do Fashionismo em que a Thê faz uma retrospectiva do ano envolvendo moda, famosos etc! Vou colocar o link aqui e você pode ficar acompanhando! 🙂retrospectiva

Espero que tenha gostado! Beijoo